quinta-feira, 9 de abril de 2015

8 de Abril | ENCONTRO COM O ESCRITOR PEDRO JARDIM

OS NOSSOS MOMENTOS COM O ESCRITOR PEDRO JARDIM...
Havia um gigante simpático que não gostava de assustar anões. Por isso foi expulso da sua terra, a Montanha dos Rezingões.
Não havia ali lugar para quem sabia sorrir e até tinha a amabilidade de dar os bons-dias a todos os seres. O seu papel, segundo a maioria, era o de gritar como um gigante a valer:
"Ba! Boo!! Buuu!!!"
Gigantão, era esse o seu nome (tinha mais de cinco metros), pôs-se a caminho de outros lugares, suspirando pelas saudades que adivinhava e pela apaixonada Zulmira. Gigantão até chorou. Irá depois conquistar a amizade dos anões da Floresta dos Desejos e ali ser bem tratado, apesar de todas as diferenças que os podiam afastar.
Um livro com ilustrações coloridas e apelativas que agrada ao pequeno leitor.

Pedro Jardim, com um bom ritmo de escrita, opta por um final em aberto. "Conta-se que, um dia, Zulmira o viu de longe. O Gigantão brincava com os anões, levantando-os no ar para que observassem como a floresta era bonita vista de cima." Mas nada se conta sobre o que se passou a seguir. "O que terá feito depois disso, deixo para cada um imaginar!" A fechar a história, uma canção ensina os anões (e os miúdos) a serem destemidos e a também responderem aos gigantes com um grito assustador:
"Ba! Boo!! Buuu!!!"

Gigante Gigantão
Texto | Pedro Jardim
Ilustração | Raquel Pinheiro
Edição | Edições Livro Directo
30 págs.


quarta-feira, 1 de abril de 2015

MÚSICA NA FAMÍLIA | Abril 2015



O Dia Internacional do Livro Infantil comemora-se a 2 de Abril, em homenagem a Hans Christian Andersen. O cartaz acima, da DGLAB, é de António Jorge Gonçalves.

No dia 2 de Abril comemora-se em todo o mundo o nascimento de Hans Christian Andersen. A partir de 1967, este dia passou a ser designado por Dia Internacional do Livro Infantil, chamando-se a atenção para a importância da leitura e para o papel fundamental dos livros para a infância.


A mensagem do IBBYinternacional é este ano da responsabilidade dos Emirados Árabes Unidos:

Many Cultures One Story

“We speak many languages and come from different backgrounds, Yet we share the same stories”
International stories... folklore stories
It’s the same story told to us all
In different voices
In different colors
Yet it remains unchanged...
Beginning...
Plot...
And End...
It is the same story we all know & love
We all heard it
In different versions by different voices
Yet it is always the same
There is a hero... a princess... & a villain
No matter their language Their names
Or their faces
It is always the same Beginning,
Plot
And Ending
Always that hero...that princess and that villain
Unchanged through centuries
They keep us company
They whisper to us in our dreams
They lull us to sleep
Their voices long gone
But they live in our hearts forever
For they bring us together in a land of mystery and imagination
So that all different cultures melt into One Story
written by: Marwa Al Aqroubi

A tradução para português é da responsabilidade da DGLAB:

Muitas Culturas Uma Só História

“Falamos várias línguas e trazemos diferentes experiências,
E no entanto partilhamos as mesmas histórias”
Histórias internacionais… histórias tradicionais
É sempre a mesma história que nos contam
Em diferentes vozes
Em diferentes cores
E contudo ela não muda…
Princípio…
Meio…
E Fim…
É sempre a história que todos conhecemos e amamos
Todos a escutámos
Em diferentes versões por diferentes vozes
E no entanto é sempre a mesma
Há um herói… uma princesa… e um vilão
Não importa a língua que falam Os seus nomes
Ou os seus rostos
É sempre o mesmo Princípio
Meio
E Fim
Sempre aquele herói… a princesa e o vilão
Imutáveis ao longo dos séculos
Eles fazem-nos companhia
Sussurram-nos durante os sonhos
Embalam-nos ao adormecer
As suas vozes desaparecem
Mas vivem para sempre nos nossos corações
Pois juntam-nos a todos numa terra de mistério e imaginação
De tal modo que as diferentes culturas se fundem numa Só História

Escrito por: Marwa Al Agroubi (Emirados Árabes Unidos)