terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Bibliotequices: Unesco e Bibliotecas Digitais

A UNESCO aprovou o Manifesto da IFLA para as Bibliotecas Digitais, na sua 36ª Conferência Geral (em novembro 2011) .
O Manifesto apresenta princípios para ajudar as bibliotecas na realização de atividades de digitalização sustentáveis ​​e inter-operáveis ​​para colmatar o fosso digital - um fator fundamental para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do programa Milénio das Nações Unidas.

As bibliotecas digitais são essenciais para o acesso à informação e para preservar o património nacional.
A ler: Manifesto para as bibliotecas Digitais (2010) : Preencher a separação digital: tornar o património cultural e científico do mundo acessível a todos


Texto da UNESCO Digital Library Manifesto of the International Federation of Library Associations and Institutions (IFLA)


[fonte: UNESCO endorses the IFLA Manifesto for Digital Libraries | IFLA , http://www.ifla.org/en/news/unesco-endorses-the-ifla-manifesto-for-digital-libraries

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Prémio Nacional de Poesia Natércia Freire 2011

<> 

Cerimónia de Entrega » Sábado, 10 de Dezembro » 21.30h
Auditório do Palácio do Infantado, Samora Correia


O Júri do Prémio Nacional de Poesia Natércia Freire 2011, reunido na Biblioteca Municipal de Benavente no dia 29 de Novembro de 2011, decidiu por unanimidade atribuir ao original “Memória das Aves”, de Tiago Patrício; um dos 76 originais concorrentes do Prémio Nacional de Poesia Natércia Freire deste ano.

Tiago Manuel Ribeiro Patrício nasceu em São Pedro, no Funchal, a 27 de Janeiro de 1979. Actualmente vive em Carviçais, é farmacêutico de profissão e tem já diversas obras publicadas, tanto de Poesia como de Ficção.
Já este ano foi vencedor do Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís, com o romance “Trás-os-Montes”. Quanto ao Prémio Nacional de Poesia Natércia Freire 2011, o Júri destacou a capacidade discursiva e o trabalho sobre a linguagem.

O Júri foi constituído pelos seguintes elementos:

a convite da CMB:

Gabriela Santos (vereadora do Pelouro da Cultura da Câmara Municipal)
Dr. Sérgio de Sousa (Escritor)
José Colaço Barreiros (Escritor e Tradutor)
Domingos Lobo (Escritor)
Dr.ª Maria João (Professora da ESB)

O Prémio Nacional de Poesia, no valor de 1.500?, tem o patrocínio da Companhia das Lezírias. A Câmara Municipal de Benavente promoverá, junto das editoras, a publicação da obra premiada.

O Prémio será entregue em Cerimónia Pública a realizar Sábado, dia 10 de Dezembro, pelas 21.30h, no Auditório do Palácio do Infantado, em Samora Correia.

1ª parte - Entrega do Prémio
2ª parte – Concerto com o Quarteto de Saxofones da Sociedade Filarmónica Benaventense

Auditório do Palácio do Infantado - Samora Correia

Org.: Câmara Municipal de Benavente
Apoio: Companhia das Lezírias

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

FEIRA DO LIVRO 2011


PROGRAMA

26 de Novembro (sábado)
Biblioteca Odete e Carlos Gaspar
14.30 horas
Abertura da Feira do Livro

Biblioteca Odete e Carlos Gaspar
15.00 horas
Biblioteca Manuel Cintra Ferreira
Cerimónia de Homenagem a Manuel Cintra Ferreira

15.30 horas
«Manuel da Fonseca Revisitado»
por Domingos Lobo



30 de Novembro (quarta-feira)
Biblioteca Odete e Carlos Gaspar
9.30 horas e 10.45 horas

Hora do Conto

«O Traseiro Do Rei»
"Como todas as manhãs, o rei ia tomar o pequeno-almoço, no grande salão; e, ao sentar-se no trono… espetou-se-lhe um alfinete no rabo!
- Ai! Ai! Ai! - queixava-se, suplicando ajuda.
Mas ninguém se atrevia a tocar o traseiro do rei..."



07 de Dezembro (quarta-feira)
Biblioteca Odete e Carlos Gaspar
9.30 horas e 10.45 horas

Hora do Conto
«O Traseiro Do Rei»
"Como todas as manhãs, o rei ia tomar o pequeno-almoço, no grande salão; e, ao sentar-se no trono… espetou-se-lhe um alfinete no rabo!
- Ai! Ai! Ai! - queixava-se, suplicando ajuda.
Mas ninguém se atrevia a tocar o traseiro do rei..."





10 de Dezembro (Sábado)
Biblioteca Municipal de Benavente
15.00 horas

Com pozinhos de perilim…pim…pim… No 2.º sábado de cada mês a História é assim…”

"Perdido e Achado"
"Era uma vez um menino que, um dia, encontrou um pinguim à sua porta…
O menino não sabia de onde é que ele aparecera nem a quem pertencia. O pinguim parecia triste, por isso o menino achou que ele devia estar perdido.
Então, decidiu ajudá-lo a encontrar o caminho de regresso a casa e, juntos, rumaram ao Pólo Sul…"



11 de Dezembro (Domingo)
Encerramento da Feira

HORA DA CONTO


Biblioteca Municipal de Benavente
10 de Dezembro (Sábado)
15.00 horas

PARTICIPA...

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Fundação Gulbenkian inicia estudo sobre leitura digital


“Apesar de isto parecer estranho, mesmo no estrangeiro existem poucos estudos sobre a questão da leitura digital”, acrescenta Gustavo Cardoso. Existem muitos estudos sobre o que as pessoas lêem ou não lêem, sobre a edição de livros, outros mais ligados à parte tecnológica, mas “sobre a dimensão do fenómeno do que é que é ler” não existem muitos.

SERÕES NA BIBLIOTECA


"A Poesia de Manuel da Fonseca"
23 de Novembro (Quarta-feira)
21.00 horas
Biblioteca Municipal de Benavente


PARTICIPA...

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Educar em Português: Ouvir livros - Audiolivros em Português

A MHIJ Editores procura dar resposta a uma das necessidades do mercado editorial de audiolivros: editar, no formato audio, contos e romances contemporâneos, portugueses e estrangeiros.
Do conjunto de autores que a MHIJ já contemplou, destacamos Paul Auster, Mia Couto ou José Eduardo Agualusa.

Aqui fica o convite para passar pelo site.

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Tomada de posição pública da BAD


1. A Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas (BAD), enquanto estrutura representativa dos profissionais de informação e documentação portugueses, associou-se desde cedo ao movimento Open Access que promove o Acesso Livre ao conhecimento e informação científica, tendo apoiado convictamente a defesa e disseminação das iniciativas Open Access em Portugal.
2. Deste modo, e como sequência natural de outras iniciativas da Associação no domínio do Open Access, quer no âmbito dos Congressos Nacionais BAD – como a Declaração do Estoril sobre o acesso à informação (2005) ou as conclusões do último Congresso em Guimarães (2010) – quer ainda nas atividades da sua Secção de Bibliotecas do Ensino Superior ou em ações propostas no plano de formação contínua, a BAD associa-se ao evento internacional “Open Access Week 2011”.
3. Esta iniciativa constitui-se como um evento global que pretende promover a divulgação de ações e projetos no domínio do acesso livre ao conhecimento, nomeadamente a disponibilização de resultados científicos e académicos em repositórios institucionais, a publicação de revistas científicas em acesso livre e a disponibilização de recursos educativos abertos.
4. O Conselho Diretivo Nacional da BAD pretende assim distinguir e valorizar publicamente o trabalho desenvolvido por todos os profissionais de informação e documentação na promoção do livre acesso à informação, em particular no âmbito da criação e operacionalização de repositórios institucionais em acesso aberto, destacando de forma significativa o sucesso do projeto RCAAP – Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal que o tornaram num exemplo referenciado internacionalmente.
5. Sendo Portugal, por via da ação dos profissionais envolvidos no movimento Open Access, um caso de sucesso europeu e uma referência e exemplo de boa prática a nível internacional, torna-se absolutamente necessário alertar para o muito que ainda há a fazer. Várias são as instituições portuguesas de Ensino e Ciência que ainda não disponibilizam em acesso aberto a sua informação científica e académica, e em muitas outras, já dotadas de infraestruturas tecnológicas para o fazer, o crescimento tem-se revelado incipiente, e escasso o investimento dos seus responsáveis institucionais, não dotando as bibliotecas e os serviços de informação e documentação dos meios necessários para o seu desenvolvimento e particularmente não apostando em mandatos ou políticas que promovam o acesso aberto.
6. O Conselho Diretivo Nacional da BAD considera urgente para o sistema científico português a necessidade de reforçar o acesso livre ao conhecimento, garantindo a disponibilização generalizada da informação produzida com financiamento público. Apelamos por isso aos responsáveis políticos e institucionais de Portugal para que amplifiquem as recomendações já delineadas, nomeadamente pelo Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (declaração de Novembro de 2006) e pela Associação das Universidades Europeias (Março de 2008), e em particular a aplicação de orientações similares às que são seguidas nas instituições financiadoras da União Europeia que afirmam que a investigação financiada com dinheiros públicos deve ser largamente difundida através da publicação em livre acesso de dados e documentos científicos.
7. Assumimos, assim, o compromisso de continuar a acompanhar atenta e criticamente a evolução em Portugal neste domínio, considerando que o acesso livre ao conhecimento é uma das alavancas do progresso e desenvolvimento económico a nível europeu e mundial.

O Conselho Diretivo Nacional da BAD
26 de Outubro de 2011

Programa de Rádio sobre Manuel da Fonseca

Vale a pena ouvir as vozes sobre o escritor que faria agora 100 anos.

FEIRA DO LIVRO 2011

de 26 de Novembro a 11 de Dezembro
Biblioteca Odete e Carlos Gaspar, Samora Correia